Sejam Bem-Vindos!

Minha finalidade ao montar o blog foi criar um espaço de interação e troca de experiências. Onde nós professores possamos refletir sobre o uso das mídias na educação. Postando textos, vídeos, dicas de sites e blogs, entrevistas, jogos educacionais e muito mais.
Com o objetivo de enriquecer e diversificar o processo ensino/aprendizagem.
Participem dando sugestões e fazendo seus comentários.

sábado, 6 de setembro de 2014

Entrevista com Priscila Gonsales

Estou reinaugurando um cantinho do meu blog que considero muito especial e que estava meio esquecido. Um espaço onde convido pessoas queridas e competentes que influenciaram e influenciam minha formação como profissional da Educação e que, da mesma forma, possam auxiliar a todos os leitores do "Utilizando as Mídias na Educação"

Minha convidada dessa vez para o "Cantinho das Entrevistas" é minha amiga Priscila Gonsales.






Fellow Ashoka desde 2013, máster em Educação, Família e Tecnologia pela Universidade Pontifícia de Salamanca – Espanha, cursou Design Thinking no Centro de Inovação e Criatividade da ESPM-SP, tem pós-graduação em Gestão de Processos Comunicacionais pela ECA-USP e graduação em Jornalismo. Co-fundadora e Diretora-executiva do Instituto Educadigital, atua na área de educação e tecnologia desde 2001



Fernanda Tardin: O que são Objetos Digitais de Aprendizagem – ODAS’s?

Priscila Gonsales: São recursos educativos produzidos para uma finalidade de aprendizagem, geralmente um determinado conteúdo ou desenvolvimento de habilidades e competências cognitivas. Normalmente são disponibilizados na Internet para acesso. No site Escola Digital o educador pode fazer uma ampla busca de ODAs por tipo de mídia, disciplina, temas, dentre outros filtros. Vale destacar nesse site a opção “Para Criar” que reúne uma série de sites/ferramentas que permitem a criação pelo usuário.


Fernanda Tardin: Em sua opinião qual é o papel dos recursos digitais no processo de ensino-aprendizagem? E quais os maiores desafios da Educação na Cultura Digital?

Priscila Gonsales: Com intencionalidade pedagógica, qualquer recurso – digital ou não – pode ser utilizado no processo de ensino e de aprendizagem. Como hoje temos presente em nossa sociedade uma cultura digital, que permite a todas as pessoas criarem e compartilharem informações, conhecimento e cultura, é fundamental que consideremos aprendizagens novas e próprias dessa cultura: pesquisar e avaliar informações, colaborar e se comunicar, publicar e tornar-se autor. Professores e alunos precisam produzir mais seus próprios recursos e consumir menos recursos prontos – de editoras, de empresas de software.

Fernanda Tardin: Quais orientações você daria para os professores que querem utilizar esses recursos obtendo resultados significativos?

Priscila Gonsales: Nesse contexto, a pesquisa TIC Educação 2013 trouxe pela primeira vez um dado muito interessante sobre uso de conteúdos digitais que mostra uma tendência de conquistar autonomia na preparação de aulas e atividades.  Na rede pública, 96% dos professores usam recursos educacionais disponíveis na Internet para preparar aulas ou atividades com os alunos. Os tipos de recursos mais utilizados são imagens, figuras, ilustrações ou fotos (84%), textos (83%), questões de prova (73%) e vídeos (74%). O uso de jogos chega a 42%, apresentações prontas, 41%, e programas e softwares educacionais, 39%.
A pergunta que fica é: Será que esses recursos digitais estão sendo usados em novas metodologias e práticas ou ainda reproduzem o formato de transmissão centralizada? Um ponto que a pesquisa destaca é a baixa quantidade de publicações de recursos educacionais por professores, ou seja, profissionais que são autores de conteúdos educacionais e que compartilham na rede. Apenas 21% dos professores de escolas públicas já publicaram na Internet algum conteúdo educacional produzido para utilizar em suas aulas ou atividades com os alunos.
A orientação que eu daria é planejar. Listar os objetivos que deseja alcançar e traçar possibilidades de acompanhamento desse processo, sem esquecer detalhes como: Houve entrosamento do grupo? Aumentou a motivação e a colaboração? Se a produção escrita é parte importante do trabalho, em que momento ela pode aparecer? É possível integrar com alguma outra disciplina? E, claro, registrar e registrar.
Aprender a pesquisar, por exemplo, é uma aprendizagem muito importante, dada a quantidade de informação disponível online. É, também, fundamental aprender a avaliar um site, a comparar informações. Outra aprendizagem é o uso responsável da tecnologia e como construir uma identidade digital coerente com o que se pensa e se pratica.

Fernanda Tardin: Qual a sua opinião em relação à formação tecnológica dos professores nos dias de hoje?

Priscila Gonsales: Existe um abismo muito grande entre as faculdades de licenciatura e pedagogia e a questão do uso pedagógico das tecnologias digitais. Futuros professores precisam acompanhar ações interessantes em escolas que já estejam acontecendo. Precisam participar de eventos de tecnologia e inovação, mesmo que não estejam totalmente relacionados à educação. Buscar refletir como praticar os preceitos dos grandes educadores como Paulo Freire, Anísio Teixeira, Freinet e tantos outros, nos dias de hoje.
É preciso valorizar o professor como autor de seus projetos e materiais pedagógicos. Valorizar as trocas entre professores também é importante. Elas são muito eficazes para resolver desafios cotidianos de sala de aula. Outro ponto é estimular o uso de Recursos Educacionais Abertos (REA): vídeos, textos, jogos, sites, dentre outros que estão disponíveis online por meio de uma licença aberta, que permite a livre cópia, distribuição e adaptação conforme a demanda e o contexto da escola.

Fernanda Tardin: Fale um pouco sobre sua experiência no Instituto EducaDigital:

Priscila Gonsales: O contexto atual, não só no Brasil, mas em todo o mundo, envolve o desafio de integrar – ou mais efetivamente, impregnar – as tecnologias digitais ao currículo de forma qualitativa e trazer de fato a cultura digital para a escola e demais espaços de aprendizagem (sejam eles formais ou informais). Desafio esse que passa, em primeira instância, pela formação inicial e continuada de docentes e, simultaneamente pela incorporação de tendências que já fazem parte do cotidiano da sociedade conectada, tais como: personalização de uso, práticas colaborativas em redes digitais, adoção crescente de celulares e computadores móveis, e preferência por softwares livres e conteúdo aberto.

Desde 2010, o Instituto Educadigital tem desenvolvido estudos, pesquisas, formações e projetos focados no uso pedagógico da Internet a partir de práticas educativas inovadoras, que valorizem a atividade reflexiva, atitude crítica e a conquista da autonomia, visando o desenvolvimento pleno do ser humano.

Nossa especialidade é a concepção e o planejamento de ações e projetos de cultura digital na educação a partir de cinco áreas estratégias que se inter-relacionam de acordo com o foco do projeto ou da iniciativa a ser desenvolvida.  São elas: 

Educação Aberta – essa é a nossa causa, ou seja, acreditamos na partilha de boas ideias, conteúdos e informações que a cultura da Internet traz, marcada pela colaboração e pela interatividade. 

Design Thinking para Educadores – abordagem centrada nas pessoas que busca soluções inovadoras por meio da cocriação de ideias.
Formação e Facilitação Pedagógica – formar educadores significa estimular a autonomia, a reflexão e a troca de experiências sobre a prática docente.

Gestão e Curadoria – planejamento e execução de projetos e eventos educacionais coerentes com nossa proposta de atuação.
Comunicação em Redes e Narrativas Digitais – apoiamos outras ONGs, organizações e empresas a planejar seus processos de comunicação por meio de linguagens multimídias.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

sexta-feira, 18 de julho de 2014

A viagem dos alimentos: Aparelho Digestório


Objetivo do jogo: Identificar os órgãos que compõem o Sistema Digestório e compreender as funções que cada um exerce.
Disciplina: Ciências
Indicação: Ensino Fundamental 2

Acesse o jogo AQUI.


quarta-feira, 11 de junho de 2014

Recurso de Aprendizagem: Túnel das Mídias

Essa semana recebi, como muita alegria, uma indicação da Professora de Biologia, Magda Lima, compartilhando uma descoberta que fez. Já fiz até um post aqui no blog falando sobre isso, da importância dessa interação para mim.

Segue o comentário da professora:

Olá. Fernanda.

Parabéns pelo blog, sua iniciativa é fundamental para centralizar as novidades tecnológicas na educação.
Sou professora de Biologia e encontrei um recurso de aprendizagem, voltado aos alunos do ensino médio, chamado Túnel de Mídias, que faz parte do projeto Teia da Vida. 

Esse projeto visa "Gerar atitudes mais ativas na relação professor-aluno e em relação ao habitat natural e social em que vivemos; motivar seus alunos a assumirem ações coletivas, despertando consciência do papel de cada um na construção de uma sociedade considerada essencial, a qualidade da vida do planeta."

A proposta é bastante inovadora, reunindo diversas mídias, num mesma interface. "Para acessar as unidades das mídias de aprendizagem (multimídias ou jogos), deve-se navegar por um túnel, girando-o para acessar todas as opções. As multimídias são variadas ou combinadas, criando um AVA diversificado para diferentes perfis de usuários e a interface dos jogos apresenta diálogo, animações, infográficos, hipertextos, artigos e roteiros de experimentos."
Segue o site:
http://webeduc.mec.gov.br/portaldoprofessor/biologia/teiadavida/conteudo/index.html
Espero ter contribuído.

Grande abraço.

Magda Lima

Eu já conheço o Projeto e também me encantei com as possibilidades de abordagens disponibilizadas. Em 2011 fiz um post sobre o mesmo AQUI.


Quem ainda não conhece o recurso precisa passar por lá e explorar o ambiente, recomendadíssimo!
As animações, os jogos, os vídeos, os testes de conhecimento são excelentes, planeje sua aula e aproveite!

Obrigada Professora Magda Lima pela sua participação, você certamente contribuiu muito, volte sempre!

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Dica para Professores: Criação e Edição de Vídeo no Movie Maker

Visitando o Blog Minha Caixa Mágica, da querida Ana Paula Costa, descobri um excelente tutorial, sobre o Movie Maker, disponibilizado no site da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora).

Clique na imagem ou AQUI para acessar o arquivo.


segunda-feira, 19 de maio de 2014

Aniversário do Blog - 5 Anos

O "Utilizando as Mídias na Educação" está completando mais um aniversário!



Acredito que todos os seguidores, amigos e/ou visitantes do blog vêm observando que, infelizmente, não tenho conseguido fazer posts com a frequência dos primeiros anos. Entretanto, minha paixão e envolvimento por este espaço permanece inabalável. Apesar do tempo de dedicação estar menor, por vários motivos, sempre que posso e tenho algo interessante para compartilhar venho aqui.

Fico muito feliz ao receber o reconhecimento de vários profissionais em relação ao acervo do blog, como fonte de pesquisa e aperfeiçoamento. Pessoas que demonstram o seu carinho por esse espaço me dizendo que sempre o indicam como referência em trabalhos e capacitações. Uma motivação para não desanimar e continuar com meu trabalho por aqui. 

Agradeço a todos pelo carinho, pelas visitas, pelos comentários e pelos compartilhamentos! 

Fonte da imagem: AQUI, visitado em 19/05/2014

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Dica para professores: Planilhas de alunos no Excel


Aprenda como criar uma planilha de notas, para seus alunos, através do tutorial citado na matéria, que eu compartilho logo abaixo:


Eu particularmente adoro trabalhar com planilhas!
Caso você queira que todas as notas fiquem com o mesmo número de casas decimais siga estas dicas:

1ª Selecione as células que deseja alterar.

2ª - Clique na Aba - Números:


3ª - Na janela "Formatar Células" que vai abrir, escolha a Categoria - "Número", ao lado escolha a quantidade de casas decimais que quer utilizar e depois em OK. 


Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/blogs/tecnologia-educacao/2014/02/04/dicas-para-aproveitar-as-formulas-do-excel/, visitado em 03/04/14

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Dica para professores: Apresentações em Power Point


 Visitando o site da Revista Nova Escola encontrei essa excelente matéria "10 DICAS para fazer uma boa apresentação" de Vilmar Oliveira, editor de arte dos sites de Nova Escola e Gestão Escolar.
Continue lendo a matéria na íntegra AQUI.

Abaixo o exemplo citado na matéria:




Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/blogs/tecnologia-educacao/2013/10/29/dicas-para-uma-boa-apresentacao-de-slides/, visitado em 03/04/14
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...